Conheça RENATO
ACHER

CARREIRA MILITAR

Ingressou na Marinha em 1941 como aspirante a guarda-marinha, iniciando o curso na Escola Naval. Em 1952 foi promovido a capitão-tenente. No ano de 1955 foi promovido a capitão-de-corveta. Permaneceu na Marinha por vinte anos até ser transferido para a reserva no posto de capitão-de-fragata em 1961.

 

ATUAÇÃO NO EXECUTIVO FEDERAL

Ingressou na Marinha em 1941 como aspirante a guarda-marinha, iniciando o curso na Escola Naval. Em 1952 foi promovido a capitão-tenente. No ano de 1955 foi promovido a capitão-de-corveta. Permaneceu na Marinha por vinte anos até ser transferido para a reserva no posto de capitão-de-fragata em 1961.

 

ATUAÇÃO POLÍTICA

Foi vice-governador do Maranhão, no período de 1951 a 1956. Teve importante papel nas lutas democráticas e populares durante a ditadura militar, tendo seus direitos políticos suspensos pelo Ato Institucional nº 5 (AI-5).

 

HOMENAGENS

Homenageado em 1982 com a inauguração do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer – CTI, que é uma unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), situado em Campinas no Estado de São Paulo.

Entre as diversas homenagens prestadas ao maranhense por instituições de todo o país, destaca-se a inauguração deste Casarão Tech Renato Archer em São Luís.